Divagações de Martinha

 

A Viajante da História

 

Então…não é de hoje que espalho aos quatro ventos que encalhei num livro de tal forma que nunca mais consegui avançar.Tudo por causa de um spoiler pra quem me conhece, eu adoooro spoiler…de verdade…tanto que adoroooo liberar uns).

Daí, Era uma vez um Spoiler  que acabou matando o meu tesão pelo book em questão. Calma, curiosas. Já vou revelar que livro é. Eu já tinha um certo temor em pegar o referido livro pela quantidade de páginas do disgramento. Pra lá de 700 fuckers pages. O segundo entrave dava-se por conta do infeliz : na época era uns 99 Dilmas.

O livro chegou às minhas mãos de maneira mágica ( hellooooo ebooks), porém eu, lindamente politizada, fui na library e comprei o dito cujo. Uma coisa eu posso garantir: ele foi um excelente peso de papel por um tempo.

Ficou ali. Encalhadinho no cerrado. Nunca quis pegar nele. As páginas me queimavam. Meus olhos ardiam. Era uma coisa de louco. E eis que….surge um fela da Pucca de um seriado, ou até então da promessa de um seriado, que veio acabar com minha resolução em me recusar a ler o danado.

O livro tal vai virar filme! Escolheram esse ator pra ser o fulano! Começaram as gravações! Vai sair o primeiro episódio!

E aí meu mundo veio ao chão. Porque graças ao grupo dedicado ao livro ( livro não…série…porque agora tuuuudo é série ), comecei a ver esporadicamente, meio que apenas por curiosidade, algumas cenas filmadas e tchururu. E PLIM!!!! Lá veio a lombriga literária perturbar minha vida. A curiosidade finalmente bateu ( diga-se de passagem porque o ator é um gaaaaato), e eu peguei meu precioso empoeirado para tirar a limpo.

Vejam bem, eu já lido pra mais de 300 páginas. É óoooobvio que não comecei do início. Dei só uma repassada voadora de páginas pra dar uma lembrada e tal.

Larguei o livro. Calmaaaa….eu preferi o ipad porque aí eu só rolava os dedinhos e não ficava na zica de acompanhar quantas páginas faltavam para o livro acabar ( alguém aqui faz isso?).

Acredito que vocês já devem ter descoberto sobre qual livro me refiro, certo? Um certo Jamie Fraser? escocês piteuzudo? hein? Outlander, gatas. Ou para as traduzidas, A Viajante do Tempo, da Diana Gabaldon.

Okay. Vocês sabem muito bem que eu não resenho. Eu divago. E que não solto spoiler. Eu apenas me excedo um pouco além do que devia. E que também não alicio ninguém a ler o livro. Eu incentivo. Heheheh…diga isso para as garotas que se recusavam a ler Irmandade dos Adagas Negras, Série Mortal, Darkhunters…heheheh…

Legal. A mocinha viaja no tempo. Ela sai lá de meados dos anos whatever e cruza umas pedrinhas mágicas e pêi! Tá no meio de um conflito entre ingleses e escoceses, um lance quase que Mel Gibson em Coração Valente ( eu sei que foi exagero). Ela retrocede cerca de 200 anos pra trás. Caraaaaa…ramu combinar. A mocinha estava literalmente fodida. Porque ela vai cair no meio do bosque, é quase violentada rudemente, é salva por um bando de escoceses fétidos ( tô floreando pra ficar mais legal) e acaba tendo que dar uma costurada sorrateira no gatieeeenho da história.

Claro que se nos atentarmos à realidade da época, veremos que a desgraceira era maior e que o gatieeeenho nem tava top no momento. Porque minhas amigas? porque era sangue pra todo lado. Cabelo sujo e desgrenhado, dentes sem escovação. Some as fotos e que álbum você tem? Total freak Horror.

Claro que a a Claire na altura dos campeonatos também não estava mais no garbo. Descabelada, com um vestido da época que os cidadãos achavam que era a roupa de baixo…e olha que a época dos shortinhos nem tinham chegado. Imagino que a diva estava sujismunda, sem make e com cara de Cho-ca-da. Tipo aquela face: Whatafuck? Até então ela jurava que estava nas gravações de Coração Valente. Hahahahahahah…

Okay. História avança daqui, dacolá. A mocinha vê-se obrigada a casar-se com o cidadão Jamie Fraser ( combinemos que ela se deu bem. Pegou o boyzinho mais jovem. Até então ela com 27 e o gato com 23). Casou, rolou o fling ( tinha que rolar pra consumar o sagrado matrimônio). Mocinha entra em crise existencial porque Oi??? ela já era casada, a safadinha. E tava casando de novo. E putz…tantas sem nenhum e a bicha com dois. Sacanaaaagi!

Vamos lá. A criatura toma um monte de bordoadas. Quase é queimada viva. Toma bordoada de novo. Cai do cavalo, apanha do marido ( O Jamie entrou na vybe do Christian Grey), é insultada, obrigada a trabalho escravo ( porque a mina é enfermeira e aí todo ser lesado da Escócia é levado pra ela dar uma suturada geral).

Mas o chamariz da parada é o Jamie. Até mesmo porque a gente não se apaixona por mocinhas, pleeeease. Os mocinhos é que tomam o post de fodásticos dos livros. É  totalmente compreensivel que nós leitoras nos apaixonemos pelo escocês ruivo. Nem se deve ao fato dele ter maravilhosos olhos azuis e um tanquinho. E usar kilt e ter umas coxas atléticas. Claro que não. Daaaaa. Deve-se ao fato do cara ser extremamente simpático e engraçado. Ele tem umas tiradas hilárias que fazem você conservar um sorriso no rosto sem nem ao menos perceber. Fora o fato dele ser extremamente carinhoso e tarado pela esposa. E imagine isso a um sotaque escocês. Se você não conseguir imaginar sozinha, aconselho a dar uma bizuiada no google ou no youtube e curiar algumas cenas. Já tem episódio pra baixar. Eu não sei fazer saporra, mas minhas amigas vão me dar um help.

The problem is: O Jamie também é um chamariz para um motherfucker de um capitão inglês do carái que curte uns jogos vorazes com os seus prisioneiros. E claro que ele bate o zoin no Jamie e pinta um lance psicótico. Até então eu achava que o cara seria obcecado na Claire. Ledo engano. O cara tava doido pra saber o que tinha embaixo do kilt do Jamie. Foi por conta do spoiler dessa cena que parei, parei e parei.

Se não quiser saber, vá agora e feche a porta com delicadeza, porque eu vou soltar um spoiler cabuloso. Momento Vingança…hahahahaha. ( é pra ser uma risada maldosa, okay? ). Eu não engoli a parada do spoiler que dizia que Jamie Fraser, para salvar sua esposa do perigo, aceita ficar e ser sodomizado pelo referido capitão feladaputa. Tipo: neveeeeer. hãn-hãn. Um escocês macho? daqueles que cospem nojentamente no chão?

Mas aí, com a curiosidade assanhada, eu acabei chegando na cena disgramenta. E continuo na revolta, porque vamos combinar: a autora é onisciente, onipresente e onipotente. São os dedos dela que comandam as letras e os parágrafos. Ela comanda a história. Ela não poderia ter feito uma parede cair em cima do capitão maldito e matar o cabra antes dele judiar do Jamie?! Porque não? porque??? Odeio cena de estupro. Seja feminino ou masculino. Odeioooo. Tive traumas e até hoje tenho pesadelos com o Acheron e com o Stixx. A Sherrilyn Kenyon não aliviou a barra de jeito nenhum. E ainda fez questão de compartilhar detalhes gráficos. Poooorraaaa…

Pois. O cara maltrata o Jamie, espanca, tortura ( tudo isso antes e depois do ato sórdido), quebra os dedos da mão dele, açoita, humilha e ainda quer traçar o bichinho? Okay. Chorei no lance porque entendi que a obsessão do cara por ele foi o que salvou a Claire. E aí eu preciso voltar nessa lady, porque minhas amigas…vamos lá…a bicha merece um clap clap ( palmas…). Ela tem que lidar com a visão do marido dela detonado, com a perspectiva do marido dela ser deflorado, com um moita de cadáveres no meio da neve, com um ataque de lobos, onde ela solta seu lado Sansão ( então chamemos a mocinha de Claire Samsonite) e um monte de outras coisas. Ela cai, mas levanta. Apanha, mas passa make ( exagero). Se rasga toda, mas se costura. Ela é diva.

Entonces. Onde eu estava ? lá no Jamie. Num milagre miraculoso, o cara consegue ser resgatado antes de ser enforcado no dia seguinte. E tudo tem a ver com um estouro de um bando de vacas. Estão vendo? se a autora colocou na cena um bando de vacas que culminaram no resgate do soldado Ryan, porque ela não poderia ter feito o Cap. Tarado Randall se fuder antes do feito? Porque ela é má. Diana, bicha má.

O Jamie tá sapecado. Sangue pra todo lado, chicote, queimadura, mordida ( o capitão era um selvagem e levou os lance de sadomasoquismo ao pé da letra. Quartinho Vermelho? nãaaao queridas…calabouço da dor ). Congelado, destruído literalmente. Por dentro e por fora. Corpo e alma. E ainda por cima, ele ainda conseguia soltar umas piadinhas tipo: “pelo menos não vou ficar constipado por um tempo”. Oi?

Okay. Num momento quase morte, depois do resgate e de uma fuga poderosa, eles chegam a um mosteiro na França ( tchau England Rose) e começa o tchururu. O Jamie quase morre, a Claire labuta até a alma pra sarar o mino, daí num momento em que ele recebe até a extrema unção, ele está desistindo da vida. A Claire elabora um plano santo e vai lá sem demora ( curtiram a referência ao Legião Urbana?), dá uma causticada no rapaz, fazendo com que ele reaja. Porque até então ele manda ela embora e fala que não consegue tocar nela. Agora não lembro se antes ou depois. Merda…

Então…ela reativa as memórias do estupro dele pra que ele possa reagir do jeito que ele deveria ter reagido. O cara fica looooko….sai da febre mortal dele, levanta do quase coma, sacode os cabelin desgrenhado e desce a bordoada na Claire, que aguenta firmemente. Heeeey…eu faxinando a casa já fico com dores horríveis pelo meu corpinho sexy…imagina levando uma pêia? voando pra lá e pra cá, quebrando móveis e quase sendo esganada. Cruzes…

E eis o momento dejávuuuuuuu…ele começa a contar o lance todo e fala que ficou puto porque ele acabou reagindo ao ataque do Capitão Tarado. Reagindo no sentido de : o capitão fez com que ele ficasse excitado. Okay. Pausa para o café.

Ring.Ring.Ring.

- Alô?

- Diana Gabaldon?

- Eu mesma, quem fala?

- Oi, aqui é a Sylvia Fucking Day, tudo bem?

- Tudo. A que devo a honra desta ligação a esta hora ? ( vamos pensar que a Sylvia ligou sem dar-se conta do fuso horário).

- Eu estou escrevendo sobre um personagem, o Gideon, e eu queria saber se posso dar uma plagiada nesse lance dele ser abusado e depois confessar que acabou “curtindo” a coisa toda?

- Bem, o Jamie não curtiu. Ele apenas revelou que o corpo dele reagiu aos estímulos prestados. Mas fique à vontade.

Pi.Pi.Pi.

Telefonema desligado, eis que anos depois eu leio a poha do livro 3 da SD e lá temos Gideon assumindo para Eva que até sentiu prazer no abuso. Oi? Okay. Anatomicamente falando, o Capitão Tarado soube exatamente que botão apertar para gerar uma resposta física do Jamie.

Mas mesmo assim, ainda me revolto com a coisa toda. Porque foi estupro, entende? Não um ato consentido por vontade própria. Ele usou seu corpo para proteger o da Claire, mas ele queria aquilo? acredito que não. Então pra que embelezar a coisa? Tipo dizer que o cara não “violentou”, ele fez amor??? ahhhh, como diria o DR. Pimpolho com toda a sua graça…Ahhh, vá se fuder, mano!

São coisas dúbias. Estupro e coerção e Ato de amor e participação. Como eu disse: Lena Valenti é outra que adora uma cena de estupro justificado. Não concordo, não concordo e não concordo.

Achei desnecessária essa finalização do livro da Diana. Quer dizer que o Capitão de deu bem afinal? Isso é uma merda. Não precisava disso. Tô chateada já imaginando o gatinho do seriado passando por isso.

Pronto. Falei. Tô me sentindo bem mais leve.

E por favor: entreguem o prêmio de heroína do ano pra Claire Beauchamp Fraser. Mesmo depois de comer a pizza que 5 lessers amassaram, ela ainda conseguiu reagir e sair dessa de boa. E uma salva de palmas para a progesterona dela. Tá de parabéns. Mesmo depois de tudo ela ainda finaliza o livro grávida. Yay!

 

Bjuuu…

Lexi. Essa foi pra você.

P.S Deixem de resmungar por causa do tamanho do post…O livro é bem maior que isso…huuuummmm!

 

Brinde para que vocês possam se animar.

Jamie Fraser

Helloooooo, Jamie. Aye.

Jamie 3Jamie 2

Oh, Kilt mardito…

Jamie 4

Why are you looking at me like this?

Jamie 5Jamie 6

Ueeeepaaaa….

Jamie 7Jamie 8jamie 9Jamie 12

Sim, sim…Claire está bem quentinha ali naquele ninho…

Jamie 11

Chega, Jamie. Vá ser sexy assim lá na casa do chapéu!

Jamie e DianaDiana

Sam Heughn ( O Jamie ) do lado da Diana Gabaldon. Olha o tamanho do escocês que essa mulher criou…hahahaha.

Na outra foto temos a loooka ( no bom sentido) ao lado do produtor da série. Acreditam que essa mulher tem 62 anos? Jovial, né?! Aye. Quando eu envelhecer quero ficar cuti cuti kinen ela.

 

Momento revolta temporária e esporádica.

Tô chateada com a indústria do cinema e televisão e teatro do baralho. Sabe esses gatos mega blasters que temos nos deparado assim? de boa? dando sopa? Pois…ele deram sopa no mercado também. Quase todos os nossos bofes megalindos fizeram filmes, peças ou séries de TV onde eles duelavam as espadas. Entenderam? Tipo…why??? why??? Nada contra, mas eu tenho o direito de me chocar. Sam Heughan agora me deixou na dúvida atroz se ele curte a fruta mulheril ou varonil. Acho que ele já participou de várias produções onde tem que dar bitoca em outro ator. Mais um pro record. Yay! E a gente pensando que Outlander seria diferente…tsc tsc tsc…

8 comentários:

  1. Como pôde! Estou a anos tentando ler os livros da série, em pensar q minha amiga insistiu, aí tem esse post mega incentivador e a pessoa fica curiosa para retomar a leitura. XD
    Martinha como sempre suas divagações incentivando.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Revolucionando sempre Martinha, tô passada até agora com essa História rsrsr

    Gosto muito das suaa divagações e gostaria de pedir para você divagar sobre o livro Maybe Someday da Collen Hoover, tem uma temática diferente que a pessoa só descobre na metade do livro.

    Bjos!!

    ResponderExcluir
  3. My laird ADOREEEEEEEI a divagação!
    Jamie é fascinante, impossivel resistir ao seu charme escoces!
    E odeio muito muito mesmo o BJR, esse filhote de cruz credo, capiroto dos infernus!
    Mesmo com essa situação, o livro vale a pena ler, pelo amor dos dois, pelo contexto historico. Eu adoro! Vou começar Os Tambores de Outono. A facul tá pegando pesado aqui, kkkkk

    Caracoles! Quase não lembro a senha pra comentar aqui. Bota aquele negocinho de comentar também com conta do face? ahuahauhauhahuahua

    Bjão e obrigada pela menção ali no fim de post. *Me sentindo famosa, kkkkk*

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa divagação, eu também já baixei o livro mas não consegui ler, só fico nas primeiras paginas, agora vou tentar mais uma vez!

    ResponderExcluir
  5. Mulher, você é muito louca. Ri demais da conta... Como é que eu não descobri este blog antes, hein? Amei!!!

    ResponderExcluir
  6. Amo essa série, mas traumatizado nessa cena e parei! E sou tão loca e viajante (leia-se tapada virtual! Kkkk) q acho q mandei essa mesmo comentário em teu email... ou sei la! Kkkkkkkkkj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, neh? Essa tensa sempre vai ser tensa pra mim. Até o seriado eu não consegui dar continuidade por conta dela...

      Excluir