Divagações de Martinha


diva3

Gatosos Ink
Vou falar uma coisa pra vcs…hoje eu ia soltar um Top 10 mega fodástico, de mocinhos super ultra mega power, alguns já conhecidos, outros nem tanto, a não ser que as minas tenham vencido as barreiras do preconceito bookal e tenham passado a encarar com vontade os livros NA. Já falei muiiiiiito deles…são meu novo vício literário…
Calma…não abandonei os florzinhas e os outros tantos machos alfas super maneiros que aparecem…com dentes pontiagudos ou sem…heheheh…só estou dando uma arejada em outros territórios…sabem como é…
Pois bem…eu recebi da minha agente literária ( essa agencia os livros que eu vou ler vou…e não os que vou escrever…heheeh) Kakita Furacão, uns ebookinhos muito interessante, que por sinal, as Celestes magníficas estarão disponibilizando para vocês, logo, aquietem suas margaridas e apenas aguardem. Anotem o nome dos livros em seus caderninhos e quando sair do forninho ataquem com graça….heheheheh…
Pois bem…a Kakyta e eu compartilhamos um gosto muito seleto e variado ( oi? ambíguo, I know…), e sempre que uma fica doida com um segmento, a outra passa adiante…Daí, ela me apresentou o Rule. Quero dizer…ela me enviou o ebook e coloquei o danado na lista de 400 que ela já tinha me mandado…hehehhe…o vício é perigoso…já falei…
Okay…toda vez ela me perguntava se eu já tinha conhecido o Rule. E eu relutando…na verdade porque tava terminando outros e tals..pois bem…eis que me aprochego ao danado. …………………….Pausa ……………………………..
Um minuto de silencio, por favor…………………………..momento suspirante…..
……………..glupt……………….what????? como assim eu demorei a te pegar, seu lindo????? Isso fui eu falando p Rule…heheheh…
Genteeeeeem…o Rule é tuuuuuuuudo de bom e ruim misturado num pacote de seis. Ele inclusive num concurso de blogs literários foi disparado o ganhador do mais badboy de todos. Vamos às descrições: o cara é gato. Obvio. Daaaaaa….cês já viram mocinho de livro feio? Never.
Ele é tatuador ( é o segundo livro que leio com um mocinho desse naipe….), tem o corpo quase tooooodo tatuado…tipo sleeves ( braços cobertos por tattoos), back, legs e uou…até lá no dito cujo passa uma rabiola de uma sereia…uau…Vamos mais à frente…ele tem piercings…em tooooooodos os lugares do corpo imagináveis e inimagináveis…Rosto, orelha, mamilos e…welll…acredito que para algumas a palavra Apadravya e Escada de Jacob não seja muito estranho, não é? O bofinho Ardan da Lena Valenti tinha essas duas modalidades de piercings de bilau…hehehehe…olha…confesso que me senti um pouco pervertida porque tive que dar uma conferida na internet pra compreender o lance e uouuuuuuu….quequeilson…santa margarida afogueada…os caras são machos…meu marido já diria assim: machu…machucado…hahahhahaha/…
Enfim…baita coragem do carái p socar os breguetes na casa do carái, né não? Pois…o Rule faz isso…esse eh o nome dele, okay? Rule…um nome excêntrico que significa Regra em inglês, mas cuja mesma regra ele não segue nem a pau, Juvenal!!!!
Bem…continuando…ele tem um estúdio de tatuagens cheio de tatuadores delicinha…hein? onde isso? só no livro…Ele tem os cabelos cortados de acordo com o humor…moicano, raspado do lado, o topete pode ser spike ( espetado), ou um vendaval de cores…ele adora pintar de verde, roxo, rosa, azul e por aí aforante…( esse cara é dos meus…).
Vejam…olhos azuis árticos,…uau…o cara é liiiiiindo…tinha um gêmeo…awwww…idêntico…dose dupla de gatice, porém…um acidente levou o Remy para o Fade.
Sobrou ele e o bro mais velho, que é fuzileiro naval…pelasantamaedoguarda…Rome…seu lindo…vou pegar esse fofo em janeiro…heheeh… A mãe dos minos é uma megera indomada. Tipo, coloca a culpa geral no Rule, porque o Remy era o filho amado, perfeito, bem comportado aos olhos do mundo. Gentil, meigo, adorável. O Rule não. Talvez até mesmo pela própria escolha do seu nome, ele saiu à regra. Ele fugiu totalmente dos moldes da sociedade e correu atrás daquilo que o fazia se sentir bem consigo mesmo. Ele é um cara que ama a arte em toda a sua forma de expressão. E passou a expressar em seu próprio corpo. E o comportamento rebelde e arredio dele, que o diferenciava claramente do irmão, só foi fazendo com que ele se afastasse mais ainda da mãe. O pai era crítico, mas a mãe…putz…
Enfim…nesse meio tempo, temos uma loirinha “munitinha” que fica muito amiga do Remy e passa a ser a “filha” na família. E ela e o Rule se odeiam. Ahám , Cláudia…senta lá…hahahaha…onde tem fagulhas de ódio tem o que mais???? love….a lot of love…na verdade, o Rule não suporta a mina porque ela é a imagem da perfeição. Ela é praticamente uma garota de Beverlly Hills aos seus olhos, então ele a trata como se ela fosse uma mimada escrota.
Já a gracinha, Shaw, é apaixonada por ele desde quando o conheceu…alguém duvidava? nem eu. Pois…a família toda pensa ao longo dos anos que ela e o Remy são um casal, por mais que ela negue. A coisa passa, o tempo voa, os anos adolescentes se vão. E temos um Rule magoado pra caralho pq a mãe dele culpa o bichinho pela morte do irmão e faz questão de desprezar o mino. A Shaw sempre tenta fazer com que ele seja aceito pelo que ele é, porque ela o vê dessa forma. De um jeito que ninguém mais enxerga. Ela vê um cara marrento, porém legal. Fiel aos amigos. Trabalhador, mesmo sendo tatuador. A imagem que a galera tem de um estúdio de tatuagens é tipo um lance de zona, mas na verdade, é um trabalho dificílimo que exige uma acuidade máxima e uma dose de talento over! Os caras tem que ser muito bons naquilo que fazem, senão vira merda estampada no couro.
Okay, então onde eu estava mesmo? ah, tá…spoilando geral…okay…básico dos básicos…a mina bebe um cadikin e dá um chega pra lá mais suntuoso no gostoso…ele não é besta, até tenta se fazer de cavalheiro, mas existe um limite…e o dele é muito na bordinha…hehehe…ele aceita o que a mina está tão prontamente oferecendo…
Rompimento de Muralhas , rasgamento de tecidos e péi! a mina era virgem…e….o cara pira, porque até então ele sempre achou que a mina era do mano, sacaram? Mas daí ele percebe que o mano não traçava a mina…uiiii…
Well, enfim dos enfins…sacaram a leva do romance? É simplesmente uma gracinha esse livro. Em alguns momentos cheguei a me sentir emocionada com o nível de agressividade da mãe do cara. Rola uma briga sinistra, um rompimento familiar, desentendimentos, acertos, perdão, um perseguidor na parada, ciúmes…enfim…gentem…é um romance muito cheio de ação e sentimentos.
Sabe o que mais gostei e fiz questão de parabenizar a autora? Ela fez um universo de mocinhos com estampa diferente dos habituais, mas com o coração tão ou mais grandioso que muitos. Um lance bem de design de interiores mesmo…mó beleza interior ( sacaram? hehehehe). Porém, por fora, embora o visual fosse alternativo e diferente de uma maneira exótica e até mesmo chocante, eles eram apenas caras bacanas com histórias de vida diferentes. Viram? existe nicho pra todo mundo…
Porém…existe preconceito com quem tem um estilo alternativo, um estilo underground? claro que existe. Pessoas tatuadas, de cabelos coloridos e piercings ainda são vistas de maneira absurdamente julgadora. As pessoas julgam mesmo antes de sequer os conhecerem. “A imagem fala mais que palavras”, muitos dizem. “Coitada dessa mãe…desse sofrer horrores ao ter um filho( a ) rebelde desse jeito”. A tatttoo, a perfuração, a modificação do corpo ainda é vista assim. Por incrível que pareça. Como ato de rebeldia. E eu não tô negando que muitos façam por esse motivo. Muitos fazem sim. Mas existe uma leva que encara a arte da tattoo exatamente como isso…ARTE. No corpo. Poderia ser no papel, na tela, whatever. A diferença é que a pessoa gosta de se expressar em símbolos. Muitas tatuagens são feitas em momentos marcantes, por alguma razão, pelo simples ato de ser belo, pela representatividade e inúmeros motivos. E sempre encarando como algo definitivo. Pode até ser modificado. Eu mesma já tive uma tattoo que era uma coisa e 8 anos depois fiz um upgrade e virou outra coisa.
Enfim…eu gostei de ver a autora retratando os caras como pessoas que adotam esse estilo de vida, mas gente kinen a gente. Kinen a gente, nádegas. Kinen vocês. Eu tenho cabelo colorido ( já foi rosa, vermelho, azul, roxo…o que mais gosto, na verdade. ). Tenho piercings, tattoos diversas, anéis nos dedos dos pés e nas falanges e bla bla bla…e eu faço isso porque eu gosto, porque eu me identifico.
Caras…esses mocinhos podem ter zilhões de pedaços de pele colorido, mas são gentis, quando se apaixonam se apaixonam de verdade e são capazes de tudo, são românticos, são sensacionais, tem caráter, e muito mais. O nosso lindo em questão sofre o desprezo da família e isso o faz duvidar de que ele seria bom o suficiente para a mina que é tão certinha. Ela mostra pra ele que ela não vê diferença entre uma pele limpa e a dele, com desenhos…na verdade…a danadiiiiinha adooooora ficar decifrando os desenhos do Rule…sei….
Well…falei pacas…nem deu pra falar que já li o segundo livro, do Jet, que é um amigo, vocalista de uma banda de rock e que vive no circuito ali dos tatuadores…o cara fica com a amiga da mina e …uau….é história pra contar, minhas amigas…só que esse post vai ficar loooooongo pacas…deixa pra outra vez…
Lembrando que…é uma série…só que com casais diferentes em cada book. O 3 sai agora em janeiro e a história é do Rome, o fuzibrother, sabemcumé? E pelo andar da carruagem, o cara , que é todo ranzinza e tals vai acabar caindo de quatro pela mina que gerencia a loja de Tattoos, e é retratada como se fosse uma Tinker Bell. Pequena, delicada, com cabelos loiros cortados no estilo da Miley Cyrus ( só pra vcs visualizarem…inclusive esse detalhe é comentado no livro e ela fica puta! ) . A mina só é miudinha…mas tem tatuagens pra todo lado, é a body piercing do local e foi ela a sortuda que perfurou toooooodos os bofes…ela os conhece bem intimamente…hehehehehe…
Enfim…tô no aguardo.
Vcs fiquem no aguardo tb pq o Cel vai se abrir, as nuvens vão surgir e …o book vai cair de paraquedas no colinho de vcs…
Rule. Da Jay Crownover. Pronto. Falei.
E aí? agucei? jhahahahahah….eu sou muito má…

Só pra alegrar…
Essa galera aí é do programa Miami Ink. Me amarro nesse careca com cara de mau…heheheh…
Olha o careca rabugento aí de novo, só que agora com a turma NY Ink.
Tim Hendricks Ny Ink
Simpatia, né?


Bjuuuuu
.

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Martinha você faz a minha mamis entrar aqui no quarto e me chamar de doida por rir uma hora dessas...kkk fiquei curiosa e quero ler esse livro rs !!!

    ResponderExcluir
  3. Gentem a Kakita Furacão sou I Karyne Nobre.kkkkkkk essa resenha vai para o top five umas das melhores.

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosa divagação como sempre!!! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Martinha, adorei sua divagação, como sempre nos faz querer ler a estória e descobrir seus personagens.......mas.....não curto tatuagens e piercing e....não é preconceito, acredito na liberdade, meu sobrinho, minha sobrinha adoram, fazem, simplesmente para o meu gosto é horrível e sinceramente para mim, um anti-tesão. Beijos. Feliz sábado.

    ResponderExcluir
  6. Martinha adorei essa divagação pois adoro esses romances N.A, acho esses jovens muito intensos e o desenrolar da história é muito sofrido, amo dimais esses romance e obrigada pela dica,valeu!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Ai Martinha...Que perigoso, logo agora que estou na fase Bad Boy..rsrs..Amooo suas divagaçoes...Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ah a proposito que tal um Top 10 de bady boy?

    ResponderExcluir
  9. Nossa Laird, amo as divagas, mas tatoos, gostosos e Bad Boys... ai, ai, ai... menina má. Como eu posso resistir a um TESÃO assim? Tenho tatoo e amo muito essa forma de expressão. I corpo fica lindo e sexy e mesmo que um monte de gente me fale que quando eu envelhecer elas irão cair e blá, blá, blá... tô nem aí. Tenho o Rule, mas está numa TM ferrada e até tentei ler, e olha que não esquento com TMs. Quando vamos ter a oportunidade de ler os gatos tchica? Bjão more e amei a sua tatoo da borboleta do Travis.

    ResponderExcluir
  10. Martinha adorei sua divagação.Realmente Rule é demais.
    Esperando ansiosa o Top 10 fodástico. BJOS

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pela postagem e por todo o blog. Administro um e sei o quanto é exaustivo, mas é recompensador quando colhemos frutos. Sua página é completa e interessante. Visito vários blogs, e só sigo os que acho originais e inteligentes. São muitos parecidos. As pessoas não sabem ser autênticas, e precisam sempre estar copiando algo de alguém
    A troca de comentários e experiências é muito importante na blogosfera. Sei que alguns blogueiros não gostam disso, de pedidos de retribuição para seguir de volta, mas mesmo assim estou seguindo seu. Siga o meu http//:gauchaopina.blogspot.com, se puder.
    Busco novas páginas para ler, e novos blogueiros para conhecer o meu.
    Se você, por obséquio, entrar em meu blog, avalie os posts, critique, de opiniões. Como já disse, isso é muito importânte para mim.
    Espero que goste de minha humilde página. Enfim, achei instigante tudo aqui.
    Nota para seu blog: 10
    Até mais... Aguardarei um comentário seu.

    ResponderExcluir
  12. Amo tatuagem! AMO muito! Se tem uma coisa que me deixa louca (no bom sentido) é uma tatuagem bem feita. Nossa... Sou do tipo que importuna gente na rua pra saber da tattoo (onde fez, significado). E vamos combinar, homem tatuado (mulher tbm) é sexy.

    Não preciso nem dizer que estou amando essa leva de mocinhos tatuados, né!? Já fui correndo atrás do Rule, botei meu inglês pra trabalhar e OMGodric! TDBom!
    Vou começar o Jet, mas eu quero mesmo é o Rome. HAHA'

    E sim, tbm voto por um top 10 bad boys! o/

    ResponderExcluir