Divagações de Martinha

r

image

As Estações

Comecemos da seguinte maneira…eu relatando o momento crise marital por causa de um post de divagações…ai ai…meu marido não ficou muito satisfeito com o comparativo entre os mocinhos e os veículos automotivos…sabem como é…na verdade ele ficou enputecido pelos meus comentários pertinentes e sagazes a respeito da maquinaria…hehehehehhe…
Para início de momento DR ( Discutir a Relação ) ele falou o seguinte: sabe, Martinha…o Camaro não é uma releitura de um mustang…ele é um Camaro.  Okay. Estranhei o tom meio ácido mas deixei passar…eu estava com os olhos grudados no meu ipad lendo um DarkHunter…logo em seguida… e tem mais uma coisa….eu li a divagação eu acho que você está pegando pesado na maneira como você fala dos machos lá…quero ver se fosse eu numa rodinha de amigos e  a gente falasse daquele jeito da mulherada.  Hummmmm….isso tirou minha atenção do DarkHunter e levantei meu queixinho magoada com a censura. Ééééé’…meu marido é um ser muito legal e bacana, mas ele teve um típico momento Mocinho Diana Palmer. Tosco. Hahahahha…Mas por puro ciuminho machista. Não adiantou argumentos e tal. Eu fiquei brava e ele ficou puto. E só muito mais tarde a coisa se resolveu….
Logo kiridas, hoje o post será um tanto quanto momento Martinha Noviça…rebelde, claro. hahahahahahahaha….Mas enfim….aonde eu estava mesmo? em lugar nenhum…eu nem bem comecei minha divagação insana para explicar que tia Martinha também vivencia sim, suas crises conjugais….e o lance é bem diferente dos livrinhos que tanto amamos…lá a fight rola e desenrola e tal…a mocinha perdoa atrocidades e tudo fica muito bem no final…salvo à exceção se for algum livro do Nicholas Dramático Sparks….que esse é o cara pra trazer finais infelizes para nós….eita homem do caráio…nem sabe o que nós mulheres queremos ler no final…
Então….estou com posts de divagações para serem divagados sobre tantas temáticas…tem um test book que fiz recentemente com o marido, antes do momento ciúmes, que quero relatar para vocês…a Ju me deu uma ideia para divagar sobre a Páscoa, mas eu pensei que o único mocinho que mereceria ser divagado nesta data é Jesus e não sei se ele iria ficar satisfeito com meu deboche…mesmo que eu nunca fizesse isso com Ele.
Mas enfim…daí neste momento down, ocasionado pela pequena fagulha da censura marital, recebi a ideia grandiosa de nossa querida Ra-íiiiiiii- Ssa…( de novo, hein Rai? tah bombando nos MT ( Martin Topics)…)…Porque não divagar sobre nossos mocinhos os comparando com as estações do ano? ahhhhnnnnn…que fofo…eu adorei….e logo, vai acabar saindo um post bem poético, porque passei o dia inteiro pensando nele…então vamos lá.
Mocinho Verão
Este é o nosso mocinho super aquecido. Ele é hot, toca fogo onde vai, e não estou falando de mocinho bombeiro ou sobrenatural não….estou falando daqueles mocinhos super ultra quentes….estão com crise conjugal? eles f…estão com dor de cabeça? eles f…estão perseguindo bandidos, sendo perseguidos ou acabaram de sair de uma luta corporal insana? eles f…
Enfim…esses mocinhos só pensam nisso. Todo tempo o tempo todo. Eles dão, dão e dão. As mocinhas que se amarram…mas devem ficar com a perikita ardente, porque numa outra divagação de tempos passados eu já falei sobre esses mocinho catuaba…os caras não param nunca!
Então…eles esquentam o clima…deixam a leitora com calor, debaixo de ar condicionado em temperatura ártica para esfriar os âmagos…eu creio que podemos colocar nossos mocinhos Lora Leigh, Lisa Marie aqui nesta equipe. E tantos outros mais. É leitura hot? É momento verão…suador por todos os lados…certas cenas chegam até mesmo a formar aquele bigodinho de suor em cima do beiço…hahahahahahahha….sério gente….não existe chic-lit ? esses livrinhos são um estilo à parte: porn-lit. Porque em alguns livrinhos o casal ( ou dependendo da situação, os casais…) passam mais tempo na horizontal que outra coisa….se bem que essa é uma afirmativa chula para nossos livrinhos…nossos mocinhos curtem muito os momentos pochete que são na horizontal…hummmmmm….refaçamos a afirmação anterior…neste livros o casal passa mais tempo pelado que vestido….uouuuu…assim ficou muito melhor.

verao

Mocinho Outono
Estes são na minha opinião os mocinhos mais queridos e densos. Vejam bem…o outono é uma época linda. Embora despele todas as árvores, a paisagem fica à deriva de suas folhas caídas num prenúncio de uma nova estação. É a preparação para o Inverno, o clima muda, as roupas usadas mudam, o visual geral muda. Vocês já viram Nova York no Outono? é lindo. O Central Park deixa no chão todas aquelas folhas douradas e cria um visual único. Aqui em Brasília a coisa muda um pouco de figura. O clima fica propício para as doenças respiratórias…eu trabalho igual a Escrava Isaura nesta época do ano. Todos os bebês da cidade adoecem, inclusive os meus…’é foda….mas é fato.
Então…as cores no céu mudam. O dia entra quente, muitas vezes e se encerra frio. Estes são nossos mocinhos Judithianos. Só consigo pensar neles e nos da tia Nora. São mocinhos cheios de conflitos internos, traumas passados não esquecidos, que ficam à espreita de qualquer emoção mais contundente para aflorarem. Vejam nosso adorável Clayton Westmoreland…tão odiado e amado pela Whitney e por nós. Os livros são densos, cheios de meandros e melindres. Te preparando para o final. Viram? kinen o outono se preparando para o inverno. Os mocinhos deixam as mocinhas doentes de ódio, de culpa, de dor, de mágoas…mas daí, rola o reencontro e tudo se resolve ao final…..ainnn…que lindo….são os mocinhos mais queridos na minha humilde opinião…você ama e se apaixona por eles. Eles são inesquecíveis. Zach Benedict, Noah Maitland, Stephen Westmoreland, Ian Thorton e tantos outros judithianos. E claro, porque não..nosso Roarke querido. Dramas, dramas e dramas…mas que deixam os mocinhos com folhas soltas, árvores puídas e grama ressecada, florescerem na magia do amor na medida certa. Com a mocinha certa. É lindo.

outono

Mocinho Inverno
Bem…esta estação é fria…muito fria…mas também acredito que seja a época do ano em que podemos ser mais chiques. Porque o friozinho que bate te impulsiona a se agasalhar, e se você for andar nas ruas, nada melhor que se proteger do vento gelado com todos os apetrechos plausíveis para isso. Gorros, boinas, cachecóis, sobretudos, botas…ai…é lindo…eu amo. Acho a época do ano mais feliz…eu odeio calor, gentem. Porque no calor a gente não pode tirar a roupa…salvo à exceção se estivermos em casa….e desfrutando de um mocinho momento veraneio melhor ainda….mas se tirarmos a roupa na rua, devido a um forte calor, então seremos presas por atentado violento ao pudor e duvido que o policial truculento que vai nos algemar será gatienho…duvido mesmo…
Já no inverno, você dorme melhor…cheia de edredons gostosos…e ainda com um cobertor de orelhas do lado…e você pode colocar um milhão de roupas para se esquentar que você nunca parecerá gorda ou obesa. A desculpa sempre vai cair no caimento das roupas! Tipo…daaaaa….todo mundo tá com seis casacos, 12 calças, uma bota, duas luvas e cachecol. Logo…a pessoa é um boneco de neve! Mas o povo vai olhar e dizer:  nossa….como ela está quentinha… e não  nossa…como ela está gordinha… Ou melhor ainda….se um bofe estiver te espreitando, ele pode pensar:  nossa…como será ela debaixo desse traje?  ahá!!!! não pararam para pensar nisso, não é?! Além do mais, num momento Streap Tease, olha só o tanto de roupas vocês terão pra divertir o cara! Vai dar certinho no tempo da música…hahahahaha…sem que ter que fazer dancinha rebolation para finalizar….essa foi uma ótima sacada, né não?!
Então…falando do frio invernal, nós temos nossos mocinhos Diana Palmer. Ou os troncudos e forçudos vampiros suculentos e sedentos. Eles tem uma alma fria. Foram feridos em alguma ocasião e guardam um trauma escalafobético dentro de si mesmos….não conseguem demonstrar seus sentimentos de maneira eficaz. São ásperos. Geleiras ambulantes. Os homens frios de negócio também podem entrar nesta categoria. Eles tem aquela descrição de olhar frio como o gelo. Ui….senti até um congelamento….mas de repente, tudo o que eles precisam é de uma mocinha para esquentar o coração deles e seus corpinhos sarados por baixo de seus ternos chiques, ou de suas roupas de vaqueiros suados, ou ainda por trás dos dentes caninos afiados….
o cara começa o livro como um iceberg….e termina como uma poça d’água derretida, tudo por causa do amor de uma donzela….ahhhh…o amor é lindo….eu tenho certeza que os campeões de leitura devem ser aqueles livros onde o mocinho era um traste imprestável e nojento e acaba se tornando um ser muito melhor devido ao amor….que lindo…

inverno

Mocinho Primavera
A primavera é uma estação muito linda. As flores espocam pela cidade. Todo tipo de flor aparece. as árvores acompanham a beleza do visual. Aqui em Brasília é uma celebração de cores na principal via da cidade. Os Ipês super coloridos dão um show à parte. O clima é gostoso, mas ainda cheio de ressalvas. A coisa não é bagunçada assim. Nesta estação, como em todas as outras também teremos as viroses circunstanciais…normal. Mas é lindo. A primavera traz a moda já preparando para o verão. É um ciclo magico. As pessoas estão mais felizes e  coloridas. Festivas e bem dispostas. Ocorre uma grande corrida nas academias para o preparo do corpinho sarado para o verão….é foda…é quando estão mais cheias….então é mais ou menos assim…o inverno chega e o individuo ataca os fondues, os chocolates quentes e bolos e chás….delícia. Daí vem a prima…a vera…e nela a galera se esbalda na celebração do fim do frio invernal. E daí, eles percebem que o verão está às portas e simplesmente correm enlouquecidos pelas esteiras suadas e fétidas das academias superpovoadas…Oh My God…a vida é um ciclo insano…
O que eu poderia dizer sobre os mocinhos primavera que não soasse estranho? não sei…eles até poderiam ser classificados como os mocinhos flower by Kenzo. O Quynn e o Blaylock, o casal irmandade, seria um exemplo. Mas porque não posso na verdade classificar como outro tipo de mocinho? aqueles que são os antagonistas de nossos mocinhos heróis Tudibom dos romances?
Tipo assim: aquele cara super simpático e amigo que leva flores para a mocinha, recheia ela de bombons. Ele é um doce de  coco. Um amor de pessoa. Um querido. Trata a mocinha com toda a delicadeza do mundo e é cheio de fru-frus…inclusive…ele às vezes é tão considerado que as mocinhas se irritam ao extremo. Ele não tem aquela pegada bouuuuuaaaa….ele é muito delicado e polido. Vocês se lembram de já ler romances que tinham antagonistas assim? Você até achava o cara legalzinho, mas torcia pra mocinha pegar o metidão seboso e metido que tinha pintado pelo caminho dela. Aquele com pegada de mestre. O mocinho Verão. Tipo assim. Hahahahahahah…
Por favor entendam que não estou classificando os caras românticos, que dão flores a suas amadas, como um cara sem pegada. Estou me referindo a personagens descritos nos livros. Mas tenho muita certeza que vocês já devem ter cruzado com algum tipo assim. Cheio de atitudes demonstrativas referente à época do ano, mas sem aquele algo mais que incendeia o coração. Esse homem na vida real muitas vezes é mantido por mera comodidade. O lance : tá ruim com ele, pior sem ele. Ainda mais porque a safra de homens apetecíveis e disponíveis está fraca no mercado.
Enfim, flores…este mocinho é um querido, mas muitas vezes preterido porque nós não somos muito do lema ações falam mais do que palavras. Eu pelo menos sou assim. Nada a ver simplesmente demonstrar com um vaso de rosa vermelhas, que murcharão, impreterivelmente, e não demonstrar isso a fundo. A mulher tem que se sentir amada em todas as dimensões possíveis. É o amor 3D mesmo. Entenderam?
primavera2

Kiridas…espero que tenham curtido o momento poético e cheio de momentos em que divaguei dentro de mim mesma…e que vocês possam se encontrar com seus mocinhos nas estações vindouras!
Nooossaaaa…eu acredito que eu tenha sido muito pudica, né?! Se o marido quiser me “bater” que pelo menos seja ao estilo Vishious, faça-me o favor!!!! Mas eu passo o lance da vela…heheheh…
Bjuuuuuuuuuuuuu
images

P.S Brinde de mocinho primavera para vcs…pelo menos na demonstração explícita da moda visual…hahahahahha…
prima

5 comentários:

  1. Martinha, pra não ter que escolher, que tal um mocinho com as 4 estacões? Seria a perfeicão!!! Feliz Páscoa, meninas!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Martinha, adorei, se eu pudesse escolher ficaria com os Homens Verão, e talvez um tiquinho dos Homens Outono, não, não muito problemáticos, não estou a fim..........Martinha, cá entre nós seu marido é um Santo, nós mulheres ficaríamos pé da vida se eles divagassem sobre nós, se bem que voce é lisongeira e delicada com o orgulho masculino e nós ávidas e maravilhadas com sua palavras. Muitos beijos e um feliz sábado. Fernanda D.

    ResponderExcluir
  3. Nossa a Martinha definiu tão bem as estações,Martinha querida você tem uma mente preciosa,são maravilhosas todas as suas divagações.Gostaria muito de ter suas divagações em um livrinho de papel,primeira coisa que faria quando eu chegasse no Brasil era correr e comprar.Abraços!!!
    Obs:Se for para escolher,eu escolho todas as estações...rsrsrs....

    ResponderExcluir
  4. Martinha!!!
    Mais uma vez sua divagação tem o poder de nos divertir, deixar nosso dia mais leve.
    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  5. Martinha, minha diva!!!!! adorei como sempre!!!!!!!! só agora consegui ler na íntrega sua divagação, muitos olhinhos curiosos sobre mim neste fim de semana.....kkkkkk..... me identifico com um bom mocinho verão, pois tenho um asssim aqui......pode cair o mundo e meu marido não quer nem saber,
    eita homem insaciável!!!!!! mas adoro mesmo os mocinhos invernais., depois de tantas camadas de roupas, sentimentos etc....ele te pega de jeito e vc. se derrete!!!!!!

    Bjusssss

    ResponderExcluir