Divagações de Martinha

Logo das Divagações.
Fleet Enema do amor
Ah, como é linda a licença poética….ela permite que os autores usem e abusem de temas mil. Que chafurdem nas páginas da história, penetrem nos mitos e lendas de maneira graciosa e profunda…glupt…essa última expressão teve um sentido muito saliente, né não?
 
Pois bem…depois de dois fins de semana falando sobre sexo mega stranger, resolvi divagar sobre uma temática light e singela. Ledo engano. No meio da semana eis que recebo arquivos potencialmente indecentes e safadenhos, contendo uma gama de livros mais safadenhos ainda…e para culminar no ápice do orgasmo literário, esta semana mesmo, nossa Lilith coloca o post da Tonks Butterfly sobre a influência das capas dos livros na hora da escolha para ler.
 
Os tais Lordes Sátiros…capas safadas, com homens pelados e suados. Segurando somente e tão somente um lençolzinho singelo e fluido. Ahhhh, o amor…já ouviram falar na expressão bacanal? pois…o livro impera sob a batuta do tal Baco…hummmm….logo, pressupõe-se que muito sexo vai rolar à solta pelas paginas festivas da autora Elisabeth Amber ( o nome não combina com o tipo de literatura, né?! ela bem que podia começar com a letra L, Lisbeth ficaria maneiro…hahahahah..) .
 
O epilogo do livro 1, do Nicholas, já começa quente…hot…fervendo…uouuuuu…vocês não fazem ideia do meu choque absoluto ao ler. Senti que corei das pontas roxas do meu cabelo aos meus pés delicados…juro…meus pés são delicados mesmo…hahahah…ah, não era isso que vocês queriam saber, pois bem…
 
O querido mocinho, sátiro indecente e ultrajante, não se contentando em ter um instrumento de “tortura” sexual ( leia-se sbrubles descomedido…), tem…pasmem…dois…dois! dois pirulitos loucos para desafogarem-se!   Simmmm….e aí…eis que surge a grande dúvida em minha cabecinha pensante: onde será a inserção deste segundo apêndice ninfomaníaco? Porque os sátiros são conhecidos pelo apetite absurdo e glutão em praticar muuuuuuiiiiitoooooo sexo selvagem…uma mulhercita apenas não seria capaz de conter todo o fogo incandescente no interior sarado do macho…
 
Então…lá estava eu, roendo minha unha do polegar…gente…onde ele vai colocar isso? …pensei em várias alternativas antes de definitivamente ter que aceitar a veracidade dos fatos. Será que serão duas fêmeas ao mesmo tempo? onde elas se encaixam? puxa…suruba total… Logo…a cena derradeira se aproximou…pensem matematicamente com moi …se ele tem 2 instrumentos, e a mulher ( Fêmea , no caso inicial uma ninfa…) tem dois orifícios, o resultado desta equação é…2 P + 2 O = Grito agudo!!!! claro…porque , essa tem que ter sido a reação da criatura sodomizada…um lance na margarida,e outro lance no olho que nada vê…putz…quanta criatividade da Tia Elisabeth, né?! sapequilda … dupla penetration…dupla defloration…
 
Me fala que é prazer absoluto que eu grito junto com você! Absurdo! vejam bem….são dois buraquinhos…elásticos, preparados para os movimentos necessários. O primeiro orifício do prazer foi designado como portal de entrada do paraíso dos amantes. O segundo orifício, bem..este foi preparado para expelir, através dos movimentos gastrintestinais, os…vejamos uma forma singela de falar…os Brown Cakes ( traduzam please…) …hahahahah…
 
Eu sempre disse que aquilo ali, queridas, tão lindamente descrito por algumas autoras com tara anal, como Rosetas adoráveis, é o cano de descarga da nossa poderosa máquina corporal.  E porque raios dos infernos existe uma tara tão descarada em adentrar no escurinho do cinema? deixa ele quieto! Não tá fazendo nada pra ninguém…tá lá de boa…só esperando o momento oportuno ou inoportuno de “mandar o amigo do interior para o rio”…
 
Pesquisando o lance mais a fundo, literalmente, percebi o seguinte. Nunca é o bastante para o camarada. Não se contentando com a entrada virginosa, ele ainda anseia pelo furículo da porta traseira. Ali, naquela região árida, existe uma gama de fibras super ultra taradas e ouriçadas…é uma zona hipersensível mesmo. Mas pensem bem…zona…zona mesmo…porque sempre está pra lá de tumultuada. Vejam bem…o furiculo faz parte do aparelho excretor. Ponto. Ele excreta. Ponto. Ele é o grande esgoto do corpo humano…a comida passou pelo estomago, intestino, absorveu tudo o que deu, tá feita a parada pra sair do corpo e dar lugar a outra…é mais ou menos assim que funciona com o Brown Cake…sai da frente que atrás vem gente…se não sair, rola tumulto, congestionamento…sacaram?
 
Então…a zona, cheia de pregas atrevidas, é toda sensível…cheia de terminações nervoséticas, logo, ela envia pelo corpo, ondas de arrepios…eu sinto isso sempre que tô afim de ir ao bathroom…vocês não? Pois…essas pregas safadas, que expelem, quando percebem a entrada na contramão, resolvem sugar o elemento para saber que parada está rolando…é aí que o homi fica louco…a bichinha aperta o blenguers de tal forma que ele quase goza só de imaginar…
 
Vamos comigo agora aos fatos da vida real …( percebam que não estou falando mal de quem gosta, viu?! Nada contra…quero dizer…eu sempre digo:  o c..é seu…faz com ele o que quiser…) ….Nós mulheres somos abençoadas com uma coisa muito comum…a prisão de ventre. Aquele elemento incomodo que se recusa a deixar o lar. Tem a ver com alimentação, hormônios, emocional…whatever. Os homens são como os bichinhos socó, conhecem? Comem e cagam. Não necessariamente nessa mesma ordem…
 
Então…imaginem, você, com uma super prisão de ventre…necessitando de um supositório amigo…aquele que vai te ajudar a liberar o monstro que te habita…e de repente…seu parceiro resolve se aventurar por aquela região? What??? o que ele vai encontrar amigas? hein hein? um inimigo oculto…um oponente de peso…será maravilhoso para você? óbvio que não…sabem porque? porque na medida que o elemento adentra em seu interior, as pregas safadas começam a se ouriçar e se agitam…e quem resolve dar as caras? Ele. O Terrível. Isso mesmo que você está pensando. O cocô. Ele vai querer sair, porque está rolando movimentos involuntários no reto…e ele está na reta, entendem? Agora me digam…esta foda foi ou não um fleet enema?
 
Pensem na sua cara com um lance vergonhoso rolando no momento do ato…vocês podem estar rindo chocadas agora, mas isso é verdade, viu?! os consultórios de psicólogos estão cheios de mulheres que tiveram experiências terríveis neste setor. E homens também. Essa é a parte prática da minha divagação…eu sempre divago na cena aplicada ao mundo real. Sacaram? Fisiologicamente, é impossível uma mulher afirmar sem papas na língua que sente “somente” prazer na entrada de mão dupla. O sexo anal está muito envolto no lance prazer-dor. Porque rola um arregaçamento de estrutura. A musculatura do ânus não tem a mesma potencia da musculatura do assoalho pélvico…já imaginaram um bebê passando por ali? Tudo bem que algumas vezes são monstros submarinos o que saem daquela região…mas não chega a tanto…
 
Caracoles…falei falei e sai do tal sátiro…é porque exatamente nesta parte do livro, minha mente se perdeu…hehehehhe…sorry…creio que já me delonguei bastante.
Não se esqueçam de que estas são divagações divagantes e divagatórias, sem fins de impor opinião sobre as práticas de cada uma, okay?! Eu expresso a minha opinião. Coincide que muitas pensam igual mas nunca tiveram coragem de expor…
 
* Dicas quentes para quem gosta da prática anal:
-Lave bem a área, afinal, é uma área suja e pode expor você e seu parceiro a riscos desnecessários na higiene, e por fim na saúde geral.
-Faça somente se você estiver a fim…nunca somente para agradar ao outro. Salvo a exceção se for vc a curiosa pelo babado e resolver liberar geral. Mas tenha certeza de ter gostado da experiência para repetir, sem fazer disso um martírio pra vc só porque seu parceiro curte.
-Use um supositório de glicerina para dar uma arejada na região…ter certeza de que um intruso não estará ali à espreita.
-Faça uso de lubrificantes para garantir que não haja rompimento de fibras na hora da entrada e do esfrega-esfrega. Além do preservativo. Evite doenças desnecessárias.
- Nunca, nunca mesmo! Nunca permita que seu parceiro faça um reposicionamento do pirulito depois do coito ( vocês sabiam que a palavra coitada, vem de coito? hein hein? Martinha também é cultura…) . Isso acarretaria infecções, já que resíduos de fezes iriam parar lá onde o “útero fez a curva”.
- Antes do ato em si, peça ao seu partner que introduza primeiramente o dedo para alargar a área e avisar em casa que tem visitante na porta querendo entrar…mas a regra acima vale para o dedo atrevido também…não aceite estimulações na margarida com o mesmo naughty finger ( dedo travesso…).
-Se você for afortunada com hemorroidas, querida…pula fora…especialmente se estiver em um um período de inflamação, porque o sexo anal só vai fazer com que as veias da região fiquem mais dilatadas e doloridas, okay?
Falei demais??? desculpem…
* Desde já informo que tia Martinha é fisioterapeuta, e meu trabalho de conclusão de curso se deu na área de Fisioterapia Uroginecológica, logo, conheço a fundo o assunto anatomicamente falando, bem como as estruturas musculares abordadas, tais como o assoalho pélvico citado e a região retal. Isso serve para dizer que falei do meu modo Martiniano de ser, mas sem usar informações falsas ou alusivas, okay?! Tia Martinha entende do babado…não necessariamente na íntegra…hehehehe…
Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
 
P.S. Heloooooooooo, Mari, Fer, fofoletes fofoquentas, eu não me esqueci que vcs querem uma divagação sobre os milionários nossos de cada livro, viu?! Este tema atropelou o dito cujo, mas farei…o ano está apenas começando…já deixo o recado…me enviem os livros que querem que sejam divagados, ou me passem os títulos de autoras e livros dos milionaries, okay?! Não se esqueçam que o mega trilionário Roarke é meu. Bju.

1 comentários:

  1. Oi sua doidinha!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Quanta divagaçao a respeito de highlanders e vampiros, adoreiiii hahahaha bjinhos fofolete!!!

    ResponderExcluir