Divagações de Martinha

 

Logo das Divagações.

 

3 é demais da conta…

Gentem…eu tentei…juro que tentei…eu fui me aventurar por um romance mega power hot triplo X da Tia Maya Banks…tipo assim…eu fico à caça de assuntos interessantes para poder divagar para vocês…e pelo que percebi, suas taradas e assanhadas, o assunto só rende quando o tema sexo selvagem está embutido…hummmm…sapecas…

Então, lá estava eu, acompanhando uma discussão sobre alguns livros da Maya Tarada Banks. E me lembrei que já tinha visto em algum lugar do passado, um romance com uma temática bem interessante. O romance compartilhado. Tipo assim…a Maya tem uma tal família de sobrenome Colter, que adoooooora compartilhar suas mulheres. Esclareçamos o assunto: me parece que um tal gene na família ( hummmm….sei….) teima em firmar seus olhos e seu poderio masculino de possessividade extravagante em apenas uma moçoila.

Sim…isso mesmo que vocês entenderam…então, lá está o primeiro romance que dá vida ao destino Colter de ser, A mulher dos Colter. A pobre coitada Holly se vê alvo das atenções de 3 irmãos Colter safados ao extremo. Eis que ela acaba aceitando pertencer aos 3…what? se relacionar com os 3? e os caras lutam e acabam entendendo que devem compartilhar irmanamente a mocinha…hein? Gente….pelamordedeus…já é difícil relacionamento com APENAS UM homem só, imagine 3! é muita crise, gente…é muita cueca suja largada no chão, muita meia solta do par, muita toalha molhada encima da cama…é muito tudo…porque um homem só já dá trabalho….administrar um casamento é complicado…imagine 3!  Imaginem 3 caras para se dividirem em horários e rolar o lance…sabem…o momento íntimo…haja periquita…já é complexo você conseguir escapulir de vez em quando de um ( quando digo escapulir, é conseguir burlar um sexo selvagem alegando uma dor de cabeça ou os dias sangrentos…) , agora imaginem de 3! A mocinha tem que ter uma agenda, né não? Tipo:  Ahhh Adam, eu sei que você está fervendo por mim hoje, mas o horário é do Ethan…desculpe…tenho uma vaga para depois de amanhã, que é a vez do Ryan…pode ser? Consegue me esperar com todo esse assanhamento? …. Doidera total.

Daí, não obstante este romance insólito, tia Maya ainda tem cachola para fazer o segundo romance …A dama dos Colter…vejam bem….agora se trata dos herdeiros Colter. No primeiro romance temos os pais das criaturas deste romance agora…e ninguém sabe quem é o verdadeiro pai de quem…eles se referem à mãe e aos pais…afff…..

Daí, a mocinha Lily, solta e perdidaça no mundo se vê alvo de 3 gatos mega poderosos e possessivos que batem os olhos nela e puft! pintou o amor…o macho alfa existente em cada um aflora e tal…olha só….são mega gatos! Poderiam ter qualquer mocinha desavisada passando…poderiam cada um casar com uma diferente da outra, distribuir os netos Colter de diferentes mulheres….mas nãooooo, claro que nãooooo…eles querem apenas aquela mulher….daí aceitam dividir…putz….e eu digo….não terminei de ler o romance…não consigo…é muito egoísmo da Moça….divide aí, garota! tem tanta mocinha sozinha no mundo, precisando de um carinha gato e sarado pulando no telhado! Deixa de ser possessiva….libera 2…você já está com um…pra quê os 3?

Olha…esses Colter tem uma irmã…e aí vem a versão machista da Maya…a irmã não pode ficar com 3 gatos….ela teve que ficar somente com unzinho….hummmm….reclama agora moça! vai à luta e fala numa reunião familiar: se eles podem eu também posso!  Imaginem 3 namorados sendo levados para um jantar para apresentar para três pais que dividem a mãe, e três irmãos que dividem UMA cunhada…e podemos ser maldosas e afirmar que esta cunhada definitivamente faz jus ao nome…ela é bastante cunhada…

Olha…eu não sei dizer se rola um menáge….se o sexo é dividido entre quatro paredes e lençóis amarfanhados….porque eu não consegui terminar de ler…não consegui nem passar da parte em que ela está com um dos carinhas super ultra fofo ( todo tatuado e rebelde) e ele está ardendo de paixão e ela fica pensando :  Mas e os outros 2? porque eu os amo de forma igual!  tá….sei …e aí eu uso o jargão da internet…tá Cláudia, senta lá…aham….hahahahahahahaha….( rindo sozinha…adoro esse jargão da Xuxa…).

Não acredito em amor dividido. Não acredito em homem que aceita compartilhar, nem que seja com os próprios irmãos. Não acredito mesmo. E eu sei que é uma obra de ficção…mas até ficção de leitura tem limite…e o meu é esse…eu consigo ler um romance de vampiro, de lobisomem, de alienígena de tudo…mas esse aí da Maya? hummmm…não deu…é emoção demais para uma pessoa só….se eu divago sobre as situações corriqueiras descritas num livro, que quando aplicadas na vida pessoal, tornam a coisa muito estranha, imagine divagar triplamente imaginando um casamento múltiplo? Não dá…não dá mesmo…ei preferia que a mocinha tivesse até dado para os 3, mas que escolhesse apenas um para ficar…tadinhos dos outros 2….será que a Maya ficou com peninha também e resolveu deixar do jeito que estava?

Imaginem como essa moça deve ser magrinha de tanto olho gordo das outras moças da cidade? Imagine os habitantes da cidade olhando para ela e pensando: hummmmm…safadieeeeenhaaaa….hahahahahaha….não dá, gente. Definitivamente estes livros me mostram que eu sou caretézima…

 

Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuu

1 comentários:

  1. Ai Martinha, adoro as tuas divagações,e como não podia ser diferente, morri de rir com essa.Ainda não li esses livros, mas confesso que fiquei curiosa (e um pouco confusa com esse vuco-vuco todo) rsrsrsrsrs.
    Eu tenho um Blog, o http://mari-theromanticgirl.blogspot.com e queria saber se eu posso linkar o teu Blog no meu,pode ser?
    Bjokinhas e continue fazendo essas divagações maravilhosas heim.

    ResponderExcluir