Divagações de Martinha

Logo das Divagações.

 

 

Divagation In Death / Divagação Mortal

Para os entendidos do babado, o titulo do meu post nada mais é que simplesmente uma referencia à série queridinha que tanto amamos....não tem nada a ver com uma divagação com teor assassino....hahahahah....muito bem....estarei divagando hoje loucamente sobre a série mortal da J D Robb....hehehehe...Nora Roberts fofa....Norinha para os íntimos...

Em primeiro lugar gostaria de respaldar a minha opinião sobre a dita autora fofolete. Muitas leitoras sentem um certo preconceito em ler livros da Nora Roberts. Mas vejamos....ela não seria quem é, ou seja, a autora mais top e casca dos States ( e do mundo todo, convenhamos...), se não tivesse bala na agulha pra isso. Ela é simplesmente a recordista mor em publicações e etc. O que ela escreve vira sucesso. O que ela escreve vende. Sem dó nem piedade. Eu tenho uma certa teoria a respeito da seqüencia fenomenal de produções literárias dela...mas é apenas uma teoria elucubratória....sem respaldo cientifico e nenhuma aprovação do Inmetro....hahahahahaha....depois eu falo disso....

Pois bem....Nora é conhecida nos meios literários de nossos tão amados livrinhos fofoluchos! Não é possível que alguma de nós nunca tenha ouvido falar dela. Ela é rainha dos baixinhos...opa...a rainha dos livrinhos....há quem goste dela, há quem a ame profundamente, há quem não leia nada dela de jeito nenhum, há quem a odeie. Ela é absolutamente do tipo: me ame ou me odeie. Mas de regra....a grande maioria dos livros da Norinha são absolutamente excelentes. Com conteúdo, análises profundas da alma humana, cenas românticas, crises existenciais, homens fortes e poderosos emocionalmente, mulheres decididas e criativas. Que conseguem avançar e viver apesar das amarguras da vida. Que conseguem seguir em frente mediante as disparidades do dia-a-dia...( ao invés de usar o famoso jargão Zorra Total “ai como eu to bandida...”vou usar um assim...”ai como eu to poética”...).

Enfim....eu sou uma conhecedora compulsiva da Norinha...já li mais de cem livros dela. Sério. Alguns eu amei, outros eu só passei e ficou no esquecimento. Dos que posso citar que são inesquecíveis temos a Trilogia da Gratidão ( que na verdade não é uma trilogia, porque são 4 livros...daaaaa....), a série Os O 'Hurley, Os Irmãos Mackade ( linduchos!!!), a saga dos Bannion e muitos outros....muitos e muitos outros mesmo. Nora escreve sobre vários universos de maneira tão bacana e recheada de informações que você termina o livrinho se sentindo uma profunda conhecedora do assunto. Corredores de auto velocidade, bailarinos e seus jargões do mundo da dança, cowboys e escritores. Jornalistas e atrizes de cinema. Ela se aprofunda no assunto e fala com uma magnificência que você fica petrificado.

Daí, tenho que confessar que lia e lia sobre as lilithianas falando do Roarke e da Eve Dallas ( mais do Roarke, né? Suas sapecas....) ... então....daí...me acendeu a chama da curiosidade....resolvi ir averiguar o porque da febre das garotas e porque o Roarke era tão falado e tal. Fui checar o que o cara tinha de especial. Daí, percebi que o livro se passava num futuro distante. Ooooopaaaaa....perai....livros que retratem o passado eu engulo legal porque existe um registro histórico sobre os móveis, as roupas, os utensílios, os veículos e etc que foram usados na época referida. Mas no futuro é tudo muito subjetivo. Você imagina que aquilo vai existir. Você imagina que a tecnologia vai ser tão top e ultra que vai chegar no nível futurístico típico de filminhos do futuro. Então...daí eu deixei pra trás....deixei de molho...mas eis que me aparece novamente uma leitora mega louca que fala de novo no Roarke....e Roarke pra lá e Roarke pra cá...

Gritei: CHEGAAAAAAA!!!!! Vou ler logo esta porcaria e ver qual é das muié! ...

Momento de pausa.

Mais um momento de pausa. Aqui eu engulo a saliva e respiro fundo.

Outro momento de pausa.

Okay....dou o braço a torcer. O Roarke é absoluto!!!!!! Ele é lindo!!!! Fofo!!!! Totoso!!!!! Ele é demais!!!!! Ele é tudo e mais um pouco!!!! Putz.....viciei!!!!! viciei mesmo!!!! Aí eu fui entender porque a série mortal virou febre. Ai eu fui compreender mesmo!!!! Porque existem fãs tão obcecadas quanto as fãs da irmandade e do crepúsculo e de tantas outras séries mega por aí...

A série mortal é simplesmente o máximo. Eu tanto viciei que estou lendo, na seqüencia , o livro Retrato Mortal....se não me engano, o 17 da série....e nos States, a série já está no 42!!!!

A Nora escreve como J D Robb porque a linha do livro diferencia uma pouco dos romances água com açúcar que ela escreve. J de Jared, D de Derek...são os nomes dos filhos dela. Enfim...vai entender....ela queria apresentar uma nova linha literária...mas a gente sabe que é a Nora Roberts....com um diferencial, claro. A série é policial. Cheia de intrigas e tal. Totalmente futurista, mas nada muito alucinante que dificulte o leitor a visualizar as coisas. Ela abusa dos termos policiais, advocatícios, jornalísticos, do mundo dos podre de ricos e talz! Caracoles!!!! Eita mulher que escreve bem!!!! Quando eu crescer eu quero ser kinenzin ela...

Como diria o esquartejador, vamos por partes...hehehehe...adorei plagiar esta frase...

A Eve Dallas é a mulher mais escrota que já vi na face da terra...( desculpem o palavrão...) ...mas ao mesmo tempo ela conquista você e te deixa seduzida por mais. Ela é turrona, resmungona, briguenta, nada fashion, nem um pouco feminina, azeda kinen um abacaxi verde, cheia de traumas e zigueziras....mas ela é fofa. Na verdade você fica sem entender porque o Roarke gostosão se apaixona por ela. Mas daí você entende....ela também é leal, divertida e super ultra competente no que faz. E tudo dela termina em dar umas porradas. Ela adora descer a porrada na galera. Até no coitadinho do Roarke já sobrou....mas depois a coisa muda de figura...heheheheh....se é que vocês me entendem.

Bem, o Roarke é lindo, gostoso, mega ultra e super Power bilionário....dono de quase 28 % do Universo...uouuuuu....além de tudo ele é lindo....parece nossos guerreiros Highlanders...ai ai...junta tudo num pacote....ele é perigoso e misterioso, letal e sedutor....uiiii....tô suando frio aqui...e simplesmente se apaixona pela Eve Dallas sem nenhuma explicação....ele pode ter a mulher que quiser....mas ele quer a Eve Dallas....e se o Roarke quer...o Roarke tem. Ui....que poético...

Muito bem...os dois são como um pequeno tornado sexual...é uma rasgaçao de roupa daqui, uma mordidas dali, um rola no chão aqui e um momento pochete no chuveiro ( já falei que os dois adoram os momentos pochetes ensaboados, né?!)...pois então...a química sexual deles é absurda....claro que isso numa narrativa Nora J D Roberts...nada de Lora Leigh....por favor....vocês não vão pegar o livrinho esperando cenas tórridas e ardentes com palavras de baixo calão que não vai rolar....as descrições das cenas sexuais são poéticas e líricas. Estilo Nora. Daí este é inclusive um fator que muita gente não gosta nos livros dela. Mas eu gosto. Ela descreve cenas tão empolgantes e cheias de química que eu me arrepio sempre que leio....eu fico emocionada mesmo! Ela consegue essa emoção sem narrar nada chulo e pesado. Eu gosto de livros hot....mas venhamos e convenhamos que algumas cenas são embaraçosas....eu fico vermelhinha até....heheheheheh....a Nora consegue fazer com meu estômago receba uma revoada de borboletinhas saltitantes...a cena fica linda...sexy....ai, ai.

Tudo bem... não estou recebendo Money nenhum pra divulgar a Norinha....nem pra divulgar a série mortal. Lá nos States a série se chama In Death....todos os livros recebem este termo no final...com exceção de alguns pouquíssimos que fazem parte de antologias e mudam um pouco de figura. No Brasil, estamos no volume Imitação Mortal...estou lendo de conta gotas o penúltimo porque sinto que vou entrar em uma deprê pós livro assim que eu ler o último....a não ser que eu me arrisque a ler em inglês...heheheheeh....

Meninas...leiam. Desfrutem do Roarke. Admirem a Eve Dallas. Eles dois formam um casalzinho super ultra mais que demais ( essa expressão quem usa no livro é a Mavis, uma amiga maluquete da Eve ...modéstia à parte eu me identifico com ela....hahahahaha....ou seja....ela é louca....! ) . Além dos personagens que já citei, na série vocês poderão acompanhar vários outros que se tornam íntimos de cada uma de nós. E sabe o que eu mais gosto na série, além do Roarke, claro...eu gosto da dinâmica do depois do Felizes para sempre....é como ler os contos de fadas....chega o final e você fica sem saber o que rola depois, nos bastidores do casamento, depois da festança da recepção....tipo...e a Branca de Neve? Desenvolveu uma gastrite por conta da maça e o príncipe cuidou disso? Ele tinha plano de saúde? Hahahahaha...

A cinderela...ela casou com o príncipe azul ( que nome...) e aí? Parou com a mania psica compulsiva de ficar limpando a casa? Hahahahah....a Rapunzel cuidou pra não ter piolhos? Esse tipo de questionamento divagante que passa na minha cabeça....

Daí , na série, a partir do livro 3 ( onde rola o casamento dos 2...) você vai acompanhando o desenrolar da vida de casados dos 2. Isso é muito legal. As crises, as brigas, os momentos de fazer as pazes, esse tipo de coisa...inclusive vamos combinar...o Roarke adora encher a Eve de presentes....e ela fica puta....numa cena hilária do livro, ela abre o closet dela e dá de cara com um monte de roupas que não estavam lá antes...e sapatos e botas e bolsas e etc. Acreditam que ela reclama com ele??? A muié ta louca???? Se na minha sapateira aparecesse um sapato Loboutin super chiquidélico, eu ficaria “agradicida” ao maridinho pelo resto da vida....ou até que o sapato durasse...hehehehehhe....

Bjuuuuuuu

image

Na opinião de minha amiga L-K, este seria um Roarke perfeito...um pouco mais jovem, mas perfeitinho da silva sauro....hehehehehe....ui.

image

De acordo com L-K, a louca, novamente uma versão bem interessante do Roarke...

Descrição do homi: cabelos lisos e negros chegando quase aos ombros...olhos azuis profundos e super irlandeses. Um rosto de poeta. Uma boca de deus irlandês....ai ai....nem falo da descrição corpórea do amigo....leiam e me digam...

Não consegui postar a foto da Eve Dallas de jeito nenhum…deve ser porque ela é mulher…hehehehe….mas deem uma googada e joguem lá Eve Dallas….a modelo que faz a capa do livro Cerimônia Mortal , lançado no Reino Unido, é igualzinha a descrição da J D.

Bjuuuuuuuuuuuuuuu

3 comentários:

  1. aaaaaaadoro essa série..queria comprar não aguento mais ter que emprestar da biblioteca! --'

    ResponderExcluir
  2. Pra mim a Eve é tipo Olivia Benson de Law and order SUV. Foi mais forte do que eu e minha mente foi direto nela, pelo menos perfil primeiras temporadas. Não dava nada por esses livros e depois do primeiro não consegui parar mais. O Roarke é MAIS QUE DEMAIS elevado a milésima potencia. Não há como não se apaixonar por essa coleção;

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir